Governo do Estado de Santa Catarina
Ouvidoria Doadores
DEINFRA DEPARTAMENTO ESTADUAL DE INFRAESTRUTURA Governo do Estado de Santa Catarina SIE

Notícias

Apresentado o plano de contingência para a operação de transferência de carga da Ponte Hercílio Luz

Data de publicação: 2017-02-09

Foi entregue na manhã desta quinta-feira, 9, ao governador Raimundo Colombo o plano de contingência para a operação da transferência de carga da Ponte Hercílio Luz para estrutura provisória construída abaixo da ponte, procedimento agendado para ocorrer entre a noite de sábado e a madrugada de domingo. A entrega ocorreu após reunião do governador com representantes de todos os órgãos técnicos envolvidos.

Fotos: Julio Cavalheiro/Secom

“Os nossos engenheiros estão muito seguros e nós também estamos. É uma etapa muito importante, mas tudo foi bem planejado e vamos vencer mais esta fase para entregar a ponte de volta à população o mais breve possível. A liberação da Ponte Hercílio Luz é fundamental para combater o sofrimento diário daqueles que ficam muito tempo nas filas para entrar e sair da Ilha de Santa Catarina”, destacou Colombo, após a reunião, em coletiva para a imprensa.

“Nós chegamos a um momento muito importante da engenharia, um momento que foi construído passo a passo, e agora estamos todos preparados para fazer esse importante trabalho”, acrescentou o presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), Wanderley Agostini.

Para realização da operação, o trânsito nas imediações da Ponte Hercílio Luz, tanto na parte insular como continental, será interrompido em alguns pontos entre às 22h do dia 11/2 e as às 7h do dia 12/2, será proibido o trânsito de qualquer tipo de veículos e/ou de pedestres abaixo da ponte. Será proibida, inclusive, a passagem de barcos por baixo da ponte. A data da operação somente será alterada em caso de ocorrência de ventos muito fortes, o que não está previsto pelas leituras mais recentes.

>>> Veja mais sobre o procedimento: Transferência de carga da Ponte Hercílio Luz para estrutura provisória tem início no sábado, dia 11

Plano de contingência

A elaboração do plano de contingência, liderada pelo Deinfra, contou com a colaboração de órgãos como secretarias de Estado da Infraestrutura, Defesa Civil, Saúde e Comunicação; Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Capitania dos Portos; das empresas Teixeira Duarte e RMG Engenharia; de equipes da Guarda Municipal e da Defesa Civil de Florianópolis; e ainda do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) de Santa Catarina e da Associação Catarinense de Engenheiros.

“Todo o plano de contingência foi feito no sentido de proteger a população. Durante toda a operação, uma unidade de comando estará em operação na cabeira insular da ponte com representantes de todos os órgãos que fazem parte do plano”, explica o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli.

“Todos colaboraram de forma muito intensa para promover uma sinergia muito grande da equipe. E esse mesmo plano servirá também para todas as outras operações, sendo novamente ativado em situações que serão ainda mais delicadas”, explicou o secretário de Estado da Infraestrutura, Luiz Fernando Cardoso.

Nesta primeira etapa, entre sábado e domingo, serão transferidos 20% da carga, por meio de um deslocamento de 10 centímetros da ponte. Para isso, foram instalados 54 pontos de elevação ao longo da ponte. Em cada um deles, será instalado um macaco hidráulico. O deslocamento em 10 centímetros será dividido em dois momentos, um previsto para final da noite de sábado e outro ao longo da madrugada de domingo.

A operação deste fim de semana é essencial para dar início ao próximo trabalho no vão central, que consiste na sustentação das barras de olhais. Na próxima etapa, serão construídas 26 torres (com peso total de 440 toneladas) que vão sustentar as barras de olhais para o trabalho de restauração propriamente dito. Esse peso extra das torres não pode ser colocado no vão central nas atuais condições. Por isso, é necessária a aproximação em 10 centímetros entre a ponte e a estrutura provisória (uma aproximação que vai transferir um peso de 880 toneladas da estrutura da ponte para a estrutura provisória).

A aproximação total entre ponte e estrutura provisória, com transferência de 100% da carga, exige um deslocamento de 50 centímetros. Os 80% restantes, 40 centímetros, serão transferidos no segundo semestre.

Ciclo da obra

A Ponte Hercílio Luz, que completou 90 anos em maio de 2016, passa pelo último ciclo de obras do trabalho de restauração. O contrato com o grupo português Teixeira Duarte foi assinado em março do ano passado e a ordem de serviço foi entregue no dia 18 de abril. O prazo de execução previsto é 30 meses, com conclusão dos trabalhos prevista para outubro de 2018.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3008 / 98843-4350
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e  @GovSC


DEINFRA-SC - Departamento Estadual de Infraestrutura
  • Rua Tenente Silveira, 162 - Edifício das Diretorias - Centro
  • Florianópolis - SC - 88010-300
  • +55 48 3251-3000
  • www.deinfra.sc.gov.br
  • COMO CHEGAR